GMR S/A
Grupo GMR investe R$ 120 milhões em Jundiaí
Importância econômica de Jundiaí, no interior paulista, está atraindo cada vez mais empresas. Grupo GMR lança segundo empreendimento na cidade

São Paulo, maio de 2012 – É cada vez maior o número de empresas que decidem investir em Jundiaí/SP. De multinacionais a pequenos negócios, são 8,9 mil, que totalizam mais de 162 mil empregos formais. Num raio de 100 km a partir da cidade, estão concentrados 80,3% do Produto Interno Bruto (PIB) do Estado e 27,2% do PIB nacional. Números como esses levam Jundiaí a figurar como a 9ª economia de São Paulo e a 23ª economia do Brasil, com PIB na casa dos R$ 16 bilhões e PIB per capita de R$ 50 mil. Se levarmos em consideração a recém-criada Aglomeração Urbana de Jundiaí, que congrega 7 municípios (Cabreúva, Campo Limpo Paulista, Itupeva, Jarinu, Louveira, Várzea Paulista e Jundiaí), são mais de 700 mil habitantes e PIB de R$ 27 bilhões. A diversidade econômica é uma das principais características da região, que concentra verdadeiros clusters de diferentes setores da economia, como o agrícola, o de cerâmica e o de produtos plásticos. 

É este cenário que tem atraído cada vez mais investidores, como a GMR S/A Empreendimentos e Participações, pertencente ao Grupo GMR, empresa com mais de 30 anos de atuação nos setores de incorporação e construção, florestal e energia, que anunciou investimento de RS 120 milhões na cidade paulista. Depois do sucesso de vendas do empreendimento residencial Fleur de Champ na cidade, agora é a vez do moderno The One Office Tower, que chega para ser referência em conceito de escritórios comerciais.

De acordo com Marcelo Sahade, sócio-diretor do grupo, Jundiaí vem ganhando cada vez mais destaque nacional, tanto pela qualidade de vida que proporciona quanto pelo desempenho econômico, figurando entre os principais municípios do estado de São Paulo. “O boom da construção civil no interior paulista é muito grande, principalmente na região de Jundiaí. Para o Grupo GMR, chegar à cidade com um empreendimento comercial é muito importante. Acreditamos que a região tem muito mais ainda a crescer e se desenvolver. Nós confiamos muito no potencial do município, por isso estamos com um empreendimento com VGV (Valor Geral de Vendas) de R$ 120 milhões. E temos planos para novos negócios num futuro próximo”, ressalta o executivo. 

Infraestrutura - Localizado à Rua Hilda Del Nero Bisquolo, próximo à saída do km 58 da rodovia Anhanguera, o empreendimento da GMR tem números expressivos. Implantado num terreno de 7.227,61 m², o The One terá 43. 260,90 m² de área construída e será o edifício mais alto do Brasil fora de uma capital, com 42 andares e mais de 140m de altura. O The One contará com 384 salas comerciais, com metragens de 45 m² a 970 m² (com opções de duplex), além de um centro comercial composto por 14 lojas. Sahade destaca também o conceito de modernidade que o empreendimento vai trazer, com destaque elevadores inteligentes e heliponto. “Para se destacar, o The One traz diferencias em relação à oferta na região, tanto em relação à suas características de uso e qualidade, quanto ao potencial de rentabilidade para os investidores”, pontua.

Renda garantida - na comercialização das salas, a GMR S/A Empreendimentos e Participações vai utilizar o renda garantida, que consiste no pagamento de uma renda mensal ao comprador com valor e prazo pré-estabelecido em compromisso de compra e venda, nos termos do regulamento próprio da promoção. A GMR pagará, mensalmente, aos clientes, 1% do valor total da sala, o equivalente ao aluguel, pelo prazo de 12 meses contados após a data de instalação da assembleia de condomínio. O executivo Marcelo Sahade, sócio diretor da GMR explica que o proprietário da sala terá direito a receber o benefício se ao longo deste primeiro ano não locar ou ocupar o imóvel. “Têm direito ao ‘renda garantida’ os compradores das primeiras 50 unidades autônomas, que tenham efetivamente assinado o Instrumento Particular de Compromisso de Venda e Compra de Unidade Autônoma e Outras Avenças”, finaliza.

ícone Topo