20/09/2013
MICROQUIMICA
Momento de mudanças para o setor de fertilizantes especiais
* Rafael Leiria Nunes

O mercado de fertilizantes foliares e produtos com ação bioestimulante para agricultura tem apresentado grande crescimento nos últimos anos e recebido investimentos de novas empresas nacionais, internacionais e mesmo de outros setores, como o de agroquímicos. Esse crescimento, porém, só tem sido possível devido ao produtor que se mostra cada vez mais aberto a novas tecnologias que o ajudem a explorar todo o potencial genético de suas culturas.

A demanda crescente por alimentos e o estoque global mais baixo das commodities agrícolas tem mantido preços elevados, o que tem estimulado o produtor a buscar novas tecnologias de produção. É cada vez mais evidente o movimento de evolução profissional do produtor rural, em especial devido ao aumento do porte das empresas agrícolas e sua estruturação. 

Esse cenário tem, também, estimulado empresas do setor a buscar a comprovação da eficácia desses produtos quebrando alguns paradigmas que ainda perduram com relação ao efeito agronômico nas diversas culturas. 

Diversos fatores têm levado ao aumento médio da qualidade e complexidade dos produtos, dentre eles a profissionalização do produtor rural por meio do aumento da formação técnica nas propriedades, das certificações internacionais e outras documentações que corroboram com a alta eficiência e segurança dos produtos. Podemos considerar também a entrada, no mercado, de empresas estrangeiras, em especial européias e norte americanas, que trazem novas tecnologias e controles em seus produtos, que já são padrão em seus mercados. Consequentemente, os agricultores passam a demandar essas práticas também das empresas brasileiras, tornando-as cada vez mais qualificadas.

Porém este é um setor que sofre com a falta de marcos regulatórios específicos que tratem de forma mais clara os produtos, em especial aqueles com agentes bioestimulantes, uma classe em grande expansão. O setor é também afetado pela burocracia, lentidão e falta de clareza no processo de obtenção de registro, problemas logísticos, tributários, o que tem limitado o lançamento de novos produtos. 

Sem dúvida o momento traz enormes oportunidades de solidificar e confirmar a importância do segmento para a agricultura brasileira e global. As empresas estão trabalhando e evoluindo a passos largos no sentido do aumento da profissionalização e da eficiência dos produtos. As perspectivas são extremamente positivas numa combinação de oferta mais qualificada e demanda aquecida por novas tecnologias. 

Tanto que para a próxima safra é esperado que o movimento de evolução se mantenha e que cada vez mais as empresas dediquem-se a comprovar cientificamente a eficiência de seus produtos, injetando mais precisão no posicionamento e nos resultados obtidos, trazendo assim o crescimento de uma concorrência de alto nível e fazendo com que este setor tenha materializada a sua consolidação. 

* Rafael Leiria Nunes, Diretor Industrial da Microquímica

ícone Topo