22/07/2013
NUTTY BAVARIAN
Franquia é opção de investimento para aposentados
Modelo de negócio vai de encontro ao perfil de aposentados empreendedores

ara pessoas hiperativas e que estiveram empregadas por pelo menos 35 anos de suas vidas, o sossego pode não ser o momento mais esperado da aposentadoria. Para uma população que hoje apresenta mais qualidade de vida, essa pode ser a chance de retomar novos projetos ou dedicar-se ao próprio negócio. Uma pessoa acima dos 50 anos já traz em sua bagagem profissional uma experiência de negócios e gestão, o que reduz o risco de falha ao empreender uma franquia.

Para esse público que deseja manter-se ativo, com uma fonte de renda fixa e simultaneamente ter tempo para dedicar à família e lazer, o novo negócio deve possibilitar a flexibilidade de tempo. Segundo dados do IBGE, a volta dos aposentados ao mercado está num processo ascendente. De 2000 para 2011, subiu 63%, de 3,3 milhões para 5,4 milhões, o número de parcialmente “inativos” que desempenham alguma atividade econômica.

A Nutty Bavarian, tradicional rede de franquias especializada na comercialização de nuts glaceadas doces e salgadas, é um exemplo de negócio que oferece bom rendimento e dedicação em tempo parcial por parte do franqueado após o período inicial.

Com aproximadamente 20% de franqueados acima dos 50 anos de idade, a Nutty Bavarian, oferece três modelos de quiosque para o investidor, que deve escolher o que mais se adequa a sua capacidade de investimento inicial e expectativas de retorno. “A quantidade de franquias nas mãos desse público tende a crescer, pois nosso modelo de negócio não exige dedicação exclusiva, sendo assim o investidor pode ter outras ocupações e horário flexível. Ou seja, é um nicho que pode se abrir para este perfil de pessoas”, afirma Adriana Auriemo, diretora-executiva da rede.

Por ser um negócio no ramo de alimentação, com a possibilidade de instalação em diversas localidades como shopping centers, aeroportos, feiras, cinemas e outros pontos, as unidades normalmente funcionam todos os dias, das 10h às 22h. 

Com a quantidade adequada de funcionários no quiosque, de acordo com o modelo escolhido, o empreendedor, cujo perfil não exige qualquer formação específica, pode gerenciar e acompanhar o negócio sem a necessidade de estar presente diariamente, por ser de simples operação. 

Atualmente, o investimento para iniciar a operação da Nutty Bavarian gira em torno de R$ 70 mil, com faturamento mensal médio de R$ 25 mil e retorno rápido, entre oito e quinze meses. O fluxo de clientes/mês está na casa dos três mil em cada quiosque.

Sobre a Nutty Bavarian- Especializada na venda de nuts glaceadas doces (macadâmias, nozes, castanhas de caju, amendoins e amêndoas) e salgados (amendoins, castanhas de caju, amêndoas e macadâmias), a Nutty Bavarian é uma rede de franquias pioneira no ramo de quiosques alimentícios no país. Inspirada na região da Bavária, na Alemanha, a Nutty Bavarian nasceu nos Estados Unidos e foi trazida para o Brasil pela empresária Adriana Auriemo Miglorancia em 1996. Desde então, são mais de 80 unidades espalhadas pelo Brasil. A expectativa é chegar a 130 quiosques brasileiros em cinco anos. Nos Estados Unidos existem mais de dois mil pontos de vendas espalhados por todo o país. website: www.nuttybavarian.com.br

ícone Topo